CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Quarentena com poesia! Conheça a homenagem do Unifeso aos 130 anos de Fernando Pessoa

21-05-2020

Ruas cada vez mais vazias, com muitas portas fechadas. As janelas das casas passaram a ser a abertura das pessoas para o mundo nestes últimos meses de quarentena. São das janelas que os artistas se expressam, a comunidade bate palmas para os profissionais da saúde, sai ‘bom dia’ para os vizinhos e que é possível ver os olhares de esperança para que essa pandemia, causada pelo novo coronavírus, passe logo. 

Como mostrou Fernando Pessoa, em seu poema Tabacaria, a janela pode ser, principalmente neste momento, um ponto de reflexão individual, uma metáfora da esperança coletiva. “Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo. Janelas do meu quarto, do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é (e se soubessem quem é, o que saberiam?)”, diz um trecho do poema. 

Em tempos de isolamento, a poesia não somente pode servir para ocupar o tempo, mas também para abrir horizontes, instigar reflexões, conhecer melhor a língua portuguesa e, quem sabe, sensibilizar as pessoas para se ter mais empatia perante esta crise. 

Na série Arte e Cultura, da Editora Unifeso, é possível encontrar o projeto Canto dos Poetas III – Tributo a Fernando Pessoa, que reúne declamações de textos do autor e poemas autorais de professores, funcionários técnico-administrativos e alunos do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso). Trata-se de um livro multimídia que por ser acessado pelo site.

Em 2018, a Instituição lançou o projeto em homenagem aos 130 anos do poeta português, que nasceu em 13 de junho de 1888. No mesmo ano, os concertos que aconteceram no Centro Cultural Feso Pro Arte (CCFP) foram o pontapé para as comemorações do nascimento de Pessoa na Instituição. Antes das apresentações musicais, um grupo formado por professores, estudantes e funcionários recitavam tiradas e poemas do português universal. As chamadas pílulas culturais culminaram no lançamento do livro multimídia, em novembro de 2018, no Festival PoêTerê.

“A arte tem que perpassar a vida da gente, principalmente neste momento tão difícil que estamos vivendo, em que as pessoas estão sem tempo para nada e em conflito umas com as outras. Precisamos da arte para dar brilho à vida, para neutralizar as dores”, disse a professora Ana Maria Gomes de Almeida, diretora do Centro de Ciências Humanas e Sociais do Unifeso que assina como organizadora do livro juntamente com Michelle Muniz Bronstein. 



Projeto Canto dos Poetas

Os livros do projeto Canto dos Poetas nasceram da participação de poetas locais nos eventos realizados pelo CCFP na cidade de Teresópolis. Partindo da compreensão de que educação e cultura são pilares fundamentais no processo de formação humana, definiu-se como uma das estratégias de fomento e difusão da arte e da cultura no ambiente dos cursos de graduação do Unifeso a implantação do projeto Canto dos Poetas. Com isso, pretende-se, por um lado, dar visibilidade aos poetas locais e suas produções e, por outro, contribuir para a formação de novas plateias, sensibilizando estudantes, professores, técnico-administrativos e comunidade externa por meio da poesia. 

O projeto começou em 2016 e, com o primeiro volume do livro Canto dos Poetas, foram realizadas inúmeras apresentações performáticas ao longo do ano no âmbito dos cursos de graduação e do CCFP. O segundo volume do livro foi lançado em 2017 e trouxe a expressão artística de poetas vinculados à Oficina de Poesia & Criação, considerado um dos movimentos de poesia e literatura mais significativos da cidade e região.



Por Juliana Lila e Giovana Campos

Outras Notícias





Atendimento On-line