CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ORGÃOS




Medicina Veterinária apresenta estudo desenvolvido em laboratório do UNIFESO no 15º Congresso da SBCAL

28-06-2018

O curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) participou do 15º Congresso da SBCAL (Sociedade Brasileira de Ciência em Animais de Laboratório), que aconteceu entre os dias 16 a 19 de junho, em Goiânia (GO). Instituições de ensino de todo o Brasil estiveram presente no Congresso levando estudos desenvolvidos em seus laboratórios, sendo que o UNIFESO foi a única instituição privada que teve um trabalho aceito para o evento, apresentando o projeto intitulado como “Os efeitos da insônia no comportamento de ratos Wistar”.

De autoria da estudante Elis Oelze, da professora Maria Eduarda Monteiro Silva e dos técnicos Valéria Cristina Lopes Marques e Carlos Rodrigo Ferreira dos Santos, do laboratório de Instalação Ciência Animal - Biotério do UNIFESO, o estudo buscou mostrar as consequências do meio externo na qualidade de vida dos ratos, relacionando métodos que minimizem tais comportamentos e garantindo bem-estar aos animais e futuros estudos na área da Saúde. O trabalho foi apresentado pela estudante Elis, que destacou a importância de manter uma condição adequada dentro dos biotérios.

“O trabalho foi avaliado pela comissão do SBCAL e foi bastante elogiado pelos representantes devido à importância do tema e à iniciativa da instituição em apoiar tal empreitada. O evento teve centenas de inscritos, porém somente os trabalhos relevantes foram selecionados para se apresentarem, fator que comprova a qualidade do projeto apresentado pelo UNIFESO”, notou a estudante. “Este estudo foi muito especial pois, além de ter sido escolhido para ser apresentado num evento tão importante como este, ele foi todo produzido e executado em nosso laboratório”, considerou o professor André Vianna Martins, coordenador do curso de Medicina Veterinária do UNIFESO.

No congresso, a estudante Elis aproveitou a oportunidade para fazer o minicurso de anestesia em animais de laboratório, refinando suas qualidades para o correto manuseio dos animais da instituição.