CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ORGÃOS




Egressos de Ciências Biológicas contam sobre suas conquistas profissionais

18-04-2019

O curso de Ciências Biológicas do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso), que acompanha seus alunos do início da graduação à conclusão do curso, coleciona histórias de egressos de sucesso para contar. “Os egressos costumam entrar em contato e contam sobre as suas conquistas. É muito bom termos este retorno”, comemora o coordenador do curso Carlos Alfredo Cardoso, que relata alguns deles:

A egressa Shaiene Cardoso Pinto, concluinte da turma bacharelado de 2015.1, participou do programa Ciência sem Fronteira na Savannah State University, no estado Geórgia, nos EUA, enquanto ainda estudava no Unifeso. O Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, a expansão e a internacionalização da ciência e da tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. Após a graduação, Shaiene retornou à universidade americana para realizar o mestrado. Nos Estados Unidos desenvolveu estudos sobre três parasitas dos camarões. 

Daiana Lima Almada, concluinte do curso de bacharelado da turma 2013.2, mestre pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em microbiologia, iniciou no primeiro semestre de 2019 a sua carreira de professora no Ensino Superior. Daiana está lecionando nos cursos de Enfermagem e Fisioterapia da Faculdade Unilagos, em Araruama (RJ). “O Unifeso foi o meu pontapé inicial na carreia, onde descobri os meus gostos dentro da minha formação. E o apoio de professores e da coordenação contribuíram muito para me abrir os horizontes”, conta.

Rodrigo Lima Veloso Ribeiro foi, entre 2012 e 2014, estudante bolsista do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde), uma iniciativa do Ministério da Saúde para qualificação dos profissionais da saúde, em conjunto com a formação de estudantes de graduação em ações de práticas de iniciação ao trabalho. Rodrigo é especialista em Geologia do Quaternário, com foco em curadoria informacional de coleções paleontológicas e ingressou no mestrado em Patrimônio Geopaleontológico no Museu Nacional/UFRJ, em 2019. “Curto paleontologia desde quando era pequeno e estou no caminho certo. Pretendo continuar no Museu e, futuramente, fazer o doutorado”, diz o egresso.

A egressa Mariana Aparecida de Almeida Souza ingressou no doutorado de Ciências Ambientais e da Conservação, no Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (NUPEM/UFRJ). No período em que estudou no Unifeso, ela participou do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), que oferece bolsas de iniciação à docência aos estudantes de cursos presenciais que se dediquem ao estágio nas escolas públicas e que, quando graduados, se comprometam com o exercício do magistério na rede pública. O objetivo é antecipar o vínculo entre os futuros mestres e as salas de aula da rede pública. Com essa iniciativa, o PIBID faz uma articulação entre a educação superior (por meio das licenciaturas), a escola e os sistemas estaduais e municipais.

Outro estudante que também participou do PIBID foi Raul Marques Pisno, concluinte do curso de licenciatura em Ciências Biológicas 2013.1. Mestre em Entomologia pela Universidade de Viçosa, publicou o trabalho intitulado Termitariophily: expanding the concept of termitophily in a physogastric rove beetle (Coleoptera: Staphylinidae) na revista Ecological Entomology. 



Por Juliana Lila